Diário das Sessões

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Diário das Sessões

Mensagem por Tio Lipe "Cavaleiros" em Seg Maio 28, 2012 9:54 am

Olá a todos!
É hora de começar mais um novo RPG, e desta vez retornando as origens do grupo com o cenário e sistema de jogo que foi responsável pela existência do SANDU. Estou falando de Naruto BESM d20! A última vez que eu narrei Naruto para o grupo usei uma mega adaptação do BESM contendo uma porrada de regras complexas e que hoje vejo como chatas demais pra usar novamente. Assim, após uma análise mais calma do BESM, e como estou jogando One Piece com ele, resolvi narrar Naruto mais uma vez, só que agora respeitando toda a base matemática de equilíbrio do sistema (e aplicando meus próprios limites para que o jogo não saia dos trilhos). Mas chega de introdução! É hora de falar do jogo em si.

CRIANDO AS FICHAS & MECÂNICA DA ADAPTAÇÃO
É de longe a parte mais chata do BESM e de qualquer sistema com Pontos de Personagem. A criação da ficha durou praticamente duas sessões e cobriu dois dias. Ela poderia ter sido mais rápida se eu tivesse divulgado a lista de regras específicas para esta nova adaptação logo de início, e olha que, tecnicamente falando, eu mudei quase nada do sistema. De fato não houve mudança alguma, onde eu apenas listei as classes que podem ser usadas, os Atributos (Vantagens) que podem ser adquiridos normalmente e os apenas na forma de Jutsus (aqui usando a regra do Atributo Magia), e a distribuição limite nas Habilidades. Eu ainda criei uma nova classe específica para Naruto, o Selvagem (simulando os clãs que lidam com animais), e aprimorei a lista de equipamentos para ficarem mais próximos dos mostrados e usados no cenário. No fim, achar o “personagem ideal” com tantos Pontos de Personagem, pois todos começaram no Nível 3, deve ter sido o mais difícil. Até a segunda sessão mudanças na ficha serão aceitas, mas após isso fechou geral.

A grande sacada desta nova adaptação de BESM para Naruto foi equilibrar as classes permitidas por meio de Pontos de Personagem (PP) Livres. As classes permaneceram com suas listas de Perícias, pontos de Perícia, DV, BBA e Resistências por nível, mas tiveram seus bônus especiais retirados e trocados por PP Livres. Mais que isso, contabilizei os PP que cada classe gasta por nível para ter as características acima e dei PP Livres pra elas o suficientes para fechar 10 PP (que é a pontuação ideal que cada classe deve ganhar em BESM por nível). Assim sendo, cada classe ganha uma pontuação de PP Livres diferente por nível para gastar adquirindo todas as características da ficha (exceto Resistência, Perícias, DV e BBA).

CENÁRIO E TIMES
Como o título da postagem sugere, o RPG se passa na época de fundação de Konoha e de todas as demais vilas. Assim, temos aparecendo aqui e ali celebridades do mundo de Naruto, como Senju Hashirama (1º Hokage) e seu irmão mais novo, o Tobirama (2º Hokage), e o temido Uchiha Madara. Por hora, os clãs Senju e Uchiha estão em paz e convocando mais clãs para formarem a primeira de todas as Vilas Secretas Shinobi: Konohagakure. O jogo então começa imediatamente antes da oficialização da existência da Vila, e isso o País do Fogo ainda nem era uma unidade política, mas sim uma série de vilas, fazendas e pequenos lordes feudais.

Foi estimulado que as personagens dos jogadores (PJ) tivessem relacionamentos significativos entre si (o Defeito R.S. do BESM). Assim, temos 4 personagens que estão unidas por sangue ou irmandade, e outras duas de forma similar (veja abaixo). Além disso, o foco do jogo será a união, pois é a época de fundação da Vila e consolidação de força shinobi. Nada mais justo que cobrar a união entre as personagens. Desta forma, os times ficaram da seguinte forma:

  • Uzumaki Joka (Time 11; 13 anos; Joka): filho de Uzumaki Mito, líder do clã Uzumaki, aliado de Konoha, e esposa de Senju Hashirama, o 1º Hokage. É um garoto especialista em Jutsus de suporte e que se acha superior a todos a sua volta. Tem como irmão gêmeo Uzumaki Raiden;

  • Uzumaki Raiden (Time 11; 13 anos; Ranier): filho de Uzumaki Mito, líder do clã Uzumaki, aliado de Konoha, e esposa de Senju Hashirama, o 1º Hokage. É um garoto muito inteligente e extremamente focado em Taijutsus. Tem como irmão gêmeo Uzumaki Joka;

  • D. Knight (Time 11; 12 anos; Leish): filho primogênito de D. King, líder do clã D., aliado de Konoha. Trata-se de um garoto “descolado” e brincalhão, que é tratado como um sobrinho por Senju Tobirama e irmão de criação de Joka e Raiden. Seu clã tem como inimigo mortal o clã Asay, da Névoa, aliado do clã Akanaro. Tem como irmã mais nova D. Seven (7 anos);

  • Takeshi Kirou (Time 8; 14 anos; Thalysson): filho primogênito de Takeshi Kato, líder do clã Takeshi, aliado de Konoha, e futuro líder do seu clã. Trata-se de um garoto compenetrado e muito exigido pelo seu pai, que espera que ele seja um grande shinobi e refaça o nome do clã. Seu clã é inimigo mortal do imensamente poderoso clã Akanaro, por quem é procurado há tempos. Tem como irmão mais novo Takeshi Rey (12 anos), e foi criado como um irmão mais velho de Joka, Raiden e Knight, onde o trio o trata com certo desdém pois não aceitam ter um irmão mais velho pra mandar neles;

  • Miu (Time 8; 12 anos; Flávio): uma garota misteriosa que desconhece seu próprio passado e hoje é mal vista por toda Konoha. Sem clã, sofre preconceito dos mais velhos. Algumas poucas pessoas (e ela própria) acreditam que ela seja uma filha bastarda de Senju Hashirama, que é o único que a trata com carinho e a protege desde que fora encontrada abandonada na sua vila natal (hoje destruída);

  • Haruno Cho (Time 8; 14 anos; Buca): ainda a definir.


A PRIMEIRA MISSÃO
O RPG começou 5 anos no passado, mostrando a chegada do que restou do clã Takeshi a tenda de Senju Hashirama e Uzumaki Mito. Lá Hashirama fez um pacto de amizade e acolheu os últimos 5 Takeshi sob a proteção da grande árvore dos Senju. Foi lá também que Joka e Raiden (Rainer) conheceram Kirou (Thalysson), onde passaram a tratá-lo como um irmão mais velho dos mais chatos. Meses depois, em Senjugakure, o clã D., liderado por D. King, foi recepcionado por Senju Tobirama e abraçado como um irmão por Hashirama. Na mesma ocasião os irmão Uzumaki conheceram D. Knight (Leish), e o trio ruivo do Fogo foi formado.

Voltando ao presente, Senjugakure, as portas de se tornar Konoha, acaba de formar sua primeira turma de shinobis na Academia de Clãs Mista da Aliança Shinobi, ou apenas Academia Genin. Lá, cada trio de alunos é designado por Tobirama para fazer parte de um Time, e os 12 primeiros são formados. No outro dia, os Times 8 e 11 descobrem na Central de Missões que terão que fazer algo em conjunto, e a missão é de tal importância que o próprio Hashirama aparece para dá-la. Uchiha Madara também aparece, mas questiona a importância da missão e sai após obter uma resposta não favorável de Hashirama. A primeira missão dos times é localizar o paradeiro de uma criança do clã Aburame, possível futuro aliado de Konoha, chamada Shido (8 anos). Pelo que se sabe ele havia sumido enquanto andava pela Floresta da Morte, que fica na orla da vila dos Aburame. Após muita procura o garoto não havia sido encontrado e os Aburames estavam suspeitando de sequestro. Para manter a boa relação, os Senju prometeram mandar uma equipe de busca, e ai entram as personagens.

Missão recebida, os dois times partem com um desfalque (Buca faltou, então sua personagem estava doente). Após quase 4 dias de viagem, tendo apenas 7 para resolver o caso, eles chegam a Floresta da Morte. Durante uma busca de quase um dia eles localizam um esconderijo secreto e decidem averiguar. Lá eles se encontram com um shinobi usuário de Doton (terra) e quase são pegos na sua armadilha. Após derrubarem o inimigo, eles o interrogam e descobrem para onde seguir.

Algumas horas depois eles chegam a uma casa localizada no alto das gigantescas árvores da floresta. A casa fora feita com jutsu do estilo Mokuton (madeira), o que intriga os jovens. Eles invadem a casa e descobrem 3 ocupantes misteriosos: um Aburame, um shinobi de cabelo loiro espetado muito veloz e um shinobi todo vestido de preto e máscara cerimonial muito suspeito. Lá eles começam uma luta inesperada e conseguem localizar o pequeno Aburame sequestrado. Mas, quando tudo estava caminhando para um fim, o shinobi mascarado explode a casa usando o seu elemento de Mokuton e desaparece pouco tempo depois. Quase morto, o pequeno Aburame é salvo por Miu (Flávio) e seus jutsus médicos.

Cansados e feridos após a batalha, os jovens partem para a vila Aburame, ao norte, com o garoto sequestrado e o shinobi usuário de Doton que haviam capturado. Lá, Knight explica o que houve assim que chega e revela quem estava por trás do sequestro. Eles dão o shinobi capturado para os responsáveis da vila e devolvem o garoto Aburame antes de irem para uma hospedaria descansar. O restante agora só no próximo episódio!

Até and Bye…
avatar
Tio Lipe "Cavaleiros"
Pão com Manteiga
Pão com Manteiga

Leão Gato
Mensagens : 498
Data de inscrição : 16/10/2010
Idade : 30

Ver perfil do usuário http://paporpg.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

2ª Sessão

Mensagem por Tio Lipe "Cavaleiros" em Seg Maio 28, 2012 9:57 am

Olá a todos!
Mais um dia de jogatina e mais um diário de tudo o que houve na ultima sessão. Hoje não tivemos correções nas fichas, mas alguns jogadores resolveram mudar um pouco como suas personagens estavam para ficar mais do agrado deles. Novamente nossa companheira Buca de aventuras não veio, mas como a sessão aconteceu no Sábado de Carnaval não podemos fazer muitas cobranças. Mas chega de papo que é hora de aventura, quase mortes, frustrações dos jogadores, erros do mestre e muita diversão!

CATIVEIRO E DESTRUIÇÃO DA VILA ABURAME
Ao acordarem no dia seguinte, o grupo descobriu por meio dum jovem Aburame muito do chato que eles estavam detidos até segunda ordem. Não aceitando o fato, todos exceto Miu (Flávio) tentaram escapar, mas apenas Knight (Leish) teve sucesso. Entretanto, Knight acabou caindo num Genjutsu durante sua fuga e desmaiou. Enquanto isso, os demais que ficaram tiveram uma conversa breve com Aburame Shogun, líder da aldeia, e depois uma mais longa e nada agradável com Aburame Shoudai, braço direito de Shogun (onde souberam que o prisioneiro que trouxeram era um clone de madeira e que o Aburame que restaram não tinha visto nenhum Aburame participando do seu sequestro). Vendo que Shoudai estava impassível e manipulando a verdade para prendê-los, eles tentaram uma nova fuga, mas desta vez apenas Kirou (Thalyson) foi capturado, sendo posteriormente interrogado por Shoudai (sem grande benefício ambos).

Ao acordar, Knight se viu diante de um trio de shinobis adultos da recém formada Vila da Névoa, sendo eles um Akanaro (Água – suiton), uma Asay (Tempestade – arashiton) e um Karamonita (Terra – doton). Numa breve conversa, eles negociaram a soltura de Knight, desde que ele os levasse até a vila dos Aburame onde poderiam capturar Kirou, uma vez que eles estavam atrás de um Takeshi. Acordo feito, eles seguiram caminho e se encontraram com Miu, Joka e Raiden (Ranier), onde decidiram chegar a vila e localizar Kirou. Ao chegarem lá, o Karamonita localizou Kirou com um jutsu e o trio da Névoa atacou antes que o grupo pudesse fazer o mesmo e impedi-los de sequestrar o amigo Takeshi. Numa batalha terrível (com alguns erros meus, o que frustrou alguns jogadores), todos acabaram caindo inconscientes e apenas Raiden conseguiu fugir para bem longe dali.

Foi somente quando Raiden retornou que viu tudo destruído. Muitos Aburames e o trio da Névoa foram mortos por algo muito poderoso, e quase tudo estava queimado. Um a um todos os jovens shinobis foram sendo encontrados e Miu, nua, surgiu andando em meio a destruição, alucinando. Sem esperanças e envergonhado por ter caído na lábia de Shoudai, Shogun (que sobreviveu) veio pedir desculpas aos jovens e implorar ajuda aos Senjus. Assim, todos os que sobreviveram retornaram para Senjugakure. Na vila, os Aburames foram julgados por não acreditarem nos jovens shinobis e nos filhos de Senju Hashirama (pai de Joka e Raiden, e líder da vila), mas foram aceitos na Aliança do Fogo sob certas condições.

KONOHA E A SEGUNDA MISSÃO
Duas semanas se passaram desde a primeira missão e toda a confusão. O grupo teve pequenas missões para ajudar os Aburames a se instalarem na margem da Floresta da Morte ao norte de Senjugakure, e aqui fizemos uma pausa para comer e passar todos 1 nível (agora estão no Lv. 4). Nestas duas semanas foi feita uma grande festa em comemoração a fundação oficial da Vila Oculta da Folha, Konoha. Entretanto, sabe-se que muitos clãs da Aliança do Fogo ainda não moram em Konoha, como alguns Senjus, os Uzumakis, os Uchihas e os Hyuugas.

Após algum tempo apenas treinando e fazendo missões menores, era a hora do grupo receber uma grande missão. O senhor Ukitaki, das missões, os entregam um pergaminho lacrado e contendo uma missão muito importante. Eles teriam que ir até uma cidade portuária nas terras do Lorde Feudal do Chá para receber e acompanhar uma shinobi chamada S. Tefeu. Na mesma hora Knight lembrou de quem poderia se tratar, uma vez que os clãs S. e D. são primos. Assim, eles partiram sob as ordens de trazê-la em segurança e evitar o conflito, uma vez que estariam entrando em território dominado pela Vila da Névoa. No caminho, eles acabaram cruzando com um casal vendedores de frutas que estavam saindo da cidade que eles precisavam ir e descobriram que ela estava com vários shinobis estranhos e intimidadores. Alertados, eles procederam com cautela.

Eles chegaram lá à noite e apenas Knight e Miu entraram na cidade para avaliar como estava a situação, mas foram barrados logo na entrada por dois guardas e encaminhados para um orfanato. Lá, descobriram que a matrona era uma tirana e que estava deixando os internos passar fome e sede, quase os tornando monstros. Pensando que seriam devorados pelas crianças, Knight se apressou para forçar a fechadura, fugir e libertar a todos, gerando o maior pandemônio possível (aqui entra a licença poética: na paranoia da situação eu os fiz acreditar que as crianças eram canibais, mas na verdade elas só estavam sentindo o cheiro doce de frutas vindos de Knight, que havia ganhado uma cesta de fruta do casal ancião da estrada, e depois estavam lutando como crianças desesperadas para fugir, mordendo e arrancando pedaços de orelhas… XD).

Traumatizados, Miu e Knight roubaram roupas locais, saíram da cidade e as deram aos amigos. No dia seguinte, eles entraram na cidade localizaram um bom esconderijo perto do cais, e assim aguardaram a chegada no dia seguinte de S. Tefeu. Eles a avistaram logo quando ela chegou e, no seu jeito nada discreto, acabou chamando mais atenção para si do que deveria. Apressados, eles acabaram saindo rapidamente pela estrada norte e foram cercados por alguns dos shinobis locais. Mais uma luta, só que desta vez mais tranquila, e eles conseguiram escapar levando um prisioneiro e as bandanas da Vila da Névoa. Entretanto, já quando estavam próximos a Konoha, eles foram surpreendidos pelo shinobi mascarado e todo vestido de preto da 1ª missão: o tal Senju. Sem emoção, ele exigiu que Miu fosse entregue a ele, chamando-a de “casulo”. Nem um pouco dispostos a entregar Miu para o safado, eles atacaram e poderiam ter sido derrotados caso Hashirama não tivesse aparecido. Esquivo, o shinobi mascarada sumiu deixando um clone de madeira para trás. Missão cumprida: S. Tefeu chegou sã e salva em Konoha; e eles ainda trouxeram um prisioneiro.

Agora seguem as dúvidas:
  • Por que o shinobi mascarado chamou Miu de “casulo”?

  • Qual é o objetivo de Tefeu em Konoha?

  • Qual é o objetivo da também recém formada Vila da Névoa?

  • Onde diabos a Cho (Buca) está que nunca vai para as missões?


Estas são cenas do próximo capítulo… err, sessão.
Até and Bye…
avatar
Tio Lipe "Cavaleiros"
Pão com Manteiga
Pão com Manteiga

Leão Gato
Mensagens : 498
Data de inscrição : 16/10/2010
Idade : 30

Ver perfil do usuário http://paporpg.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

3ª Sessão

Mensagem por Tio Lipe "Cavaleiros" em Seg Maio 28, 2012 9:59 am

Olá a todos!
Mais um Domingo, mais uma sessão. Desta vez a sessão foi curta e direta ao ponto, por isso não estranhem o pouco texto. Além disso, finalmente Buca deu o ar da graça e compareceu a sessão (eba! o/). Assim, muitas conversas aconteceram e uma grande batalha de treinamento com o futuro segundo Hokage. E vamos aos fatos!

REUNIÃO APÓS A MISSÃO E S. TEFEU
Após serem resgatados por Hashirama do shinobi mascarado, todos seguiram direto para a vila de Konoha e lá participaram de uma reunião com ele, Tobirama e Uchiha Madara. Lá, eles relataram toda a missão (Tobirama perguntou porque enfrentaram os shinobis que estavam lá), e explicaram o encontro com o shinobi mascarado. Após isso, Tefeu entregou um pergaminho a Hashirama e o falou 3 coisas: que o seu clã, os S., está disposto a se unir a Aliança do Fogo (como é chamada a união das vilas aliadas a Konoha); que os clãs das ilhas da Água se uniram sob a proteção do clã Akanaro e formaram uma vila oculta antes até que Konoha; e os lembrou que ainda existem Takeshi em perigo e que precisam de ajuda para saírem das garras dos Akanaro. Avisos dados, Hashirama leu o pergaminho que Tefeu trouxe e falou que ela deveria se casar com um dos seus filhos ou os de D. King (no caso sobra apenas Leish) para firmar a aliança entre os clãs. Irritada, ainda mais pelas investidas nada discretas de Uzumaki Raiden (Ranier), ela acabou saindo da sala irada com a decisão tomada pelas suas costas.

Com tudo explicado, Hashirama dispensou a todos, exceto Miu (Flávio) e Madara para ter uma conversa particular sobre o fato do shinobi mascarado tê-la chamada de “casulo”. Assim, a conversa se desenrolou durante alguns minutos e todos seguiram o seu próprio caminho.

O TREINAMENTO COM TOBIRAMA
Duas semanas se passaram e nenhum time de Konoha teve missões, pois com a morte de todos os membros de dois times que se formaram com as personagens Tobirama foi forçado a rever a organização das missões. Entretanto, ele localizou Uzumaki Joka e D. Knight conversando e os deixou uma mensagem para se encontrarem com ele num clareia de treinamento ao norte da vila. O mesmo recado foi dado a Takeshi Kirou (Thalyson) enquanto estava treinando, e ele próprio foi avisar suas colegas de time e quase se dava mal (a soltar Jutsu um em cima do outro dá nisso XD).

Os dois trios se encontraram na zona de treinamento 7, uma clareira perto de um rio e rodeado por uma densa floresta. Lá Tobirama falou que os treinaria para tentar torná-los times de fato, uma vez que os relatórios das últimas missões não demonstrava tanta união. Assim, ele propôs que os times tentassem fugir dele durante uma hora, mas que trabalhassem em equipe para evitar serem pegos. Entretanto, ao invés de fugir todos apenas se esconderam, exceto Raiden, que ficou na frente de Tobirama o tempo inteiro. Assim, começou a louca batalha entre Tobirama e todas as seis personagens, onde ele ia instruindo-as ao mesmo tempo em que tentava desacordá-las. No fim, ele fez um último ataque assustador e declarou o fim do treinamento daquele dia e fez suas observações.

Eles ainda tem que melhorar muito, principalmente para a próxima missão.
Até and Bye…
avatar
Tio Lipe "Cavaleiros"
Pão com Manteiga
Pão com Manteiga

Leão Gato
Mensagens : 498
Data de inscrição : 16/10/2010
Idade : 30

Ver perfil do usuário http://paporpg.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

4ª Sessão

Mensagem por Tio Lipe "Cavaleiros" em Seg Maio 28, 2012 10:00 am

Olá a todos!
Mais um Domingo, mais uma sessão. O jogo desta vez começou bem, alcançou um ápice e quase explodiu no fim. Mea culpa, pois acabei perdendo a paciência. De fato foi uma ótima sessão, mas certas decisões foram meio precipitadas. Tenho que pensar um pouco mais antes de por certos “fatos” e “escolhas” pro pessoal. Fica anotado como aviso para mim mesmo. Também aproveito para pedir desculpas a qualquer um que acabei ofendendo durante meu estado “irracional”. Agora chega de ficar remoendo problemas e vamos ao que houve.

O DIA A DIA EM KONOHA
Durantes as demais 2 semanas, as personagens passaram por um treinamento intensivo com Tobirama, tornando-o o sensei delas. Devido seu comportamento divertido e de professor, ele acabou se tornando um bom aliado do grupo (assim ele se considera; aqui cabe um apontamento: tem gente falando que não vê o Tobirama como um “amigo”. Tudo bem, aceito na boa. Mas, eu posso, durante a descrição do jogo, não ter deixado claro que Tobirama trata suas personagens como um amigo mais velho e experiente, mesmo depois das muitas provocações que Ranier o fez durante a sessão passada. Inclusive há tempos falei que ele vê e trata Knight como um sobrinho. Não esqueçam disso…). Em um dia em particular, ele estendeu um pouco mais o treinamento com o time de Kirou (Thalyson), Miu (Flávio) e Cho (Buca), a fim de intensificar o trabalho em equipe deles. Na despedida, ele avisou que Uzumali Mito, esposa do Hokage, gostaria de ver Miu, e assim ela foi.

Na mansão do Hokage, Hashirama estava treinando Raiden (Ranier) pessoalmente para intensificar seu potencial regenerativo natural, enquanto que Mito cuidava das suas rosas e conversava com Joka. Ela o explicou que Hashirama estava passando por uma fase difícil e que estava perdendo a confiança em Joka para liderar a vila em seu lugar, muito principalmente pela mudança de atitude de Joka após a morte de Takeshi Mila, sua antiga namorada. Preocupada com o futuro do filho, ela pediu para que ele tentasse respeitar mais as pessoas como fazia antigamente e que acreditava em seu potencial para ser um bom líder quando fosse a hora.

Logo em seguida Miu chegou até a mansão e começou a sua conversa com Mito, que lhe explicou que havia um outro método, mais invasivo, que ela poderia tentar para entender o que está dentro da garota. Aceitando a tentativa, ambas saíram e foram até uma casa abandonada quase fora da vila, mas não esperavam que Raiden tivesse ouvido boa parte da conversa e as seguido. Na casa, Raiden viu e ouvi uma criatura se manifestar em Miu, mas que foi contida por Mito após muito esforço. Ele se foi e Mito explicou para Miu o que havia compreendido da experiência.

Chegando em casa, Kirou recebeu um pergaminho de seu pai com um pedido de ajuda de seus parentes ainda perdidos no território inimigo dos Akanaro, levando assim a notícia diretamente para Hashirama (o que gerou a cena de Joka batendo a porta na cara de Kirou! XD). Ao mesmo tempo, Cho voltou para casa e recebeu sua própria visita (tenso…). Na casa dos D., Knight (Leish) estava treinando com seu pai e S. Tefeu, onde conversaram muito sobre com quem ela poderia se casar (isso pq ela não queria nada disso para si).

A TERCEIRA MISSÃO
O dia passa e todos são convocados para uma nova missão (amém). A primeira coisa que eles notam é que Hashirama parecia um pouco perturbado (acho que ninguém notou quando eu disse isso), e até mesmo Tobirama é convocado. O Hokage explica que eles teriam que viajar até o território insular da água, terra sob o controle da recém formada Vila da Névoa e pelo clã Akanaro, para poder resgatar 5 shinobis do clã Takeshi que estavam sendo caçados. Ao mesmo tempo, outra parte da missão seria revelada no local por Tobirama (isso eu esqueci LINDO de comentar durante a sessão, peço desculpas).

Durante a conversa, Raiden acaba comentando o que descobriu sobre Miu, o que tira Hashirama totalmente do sério, deixando-o furioso (ao modo dele, claro, onde ele ficou muito sério com relação aos filhos). Ele acaba explicando que Miu tem algo dentro de si que pode ser parte da chave para libertar a Kyuubi, o demônio de nove caudas, e que caso alguém mais descubra não apenas ela correria perigo, como também toda a paz e alianças que os Senju obtiveram até aquele momento seria abalada. Assim, ele os faz prometer que não comentem mais sobre isso e os libera para a missão, tendo uma conversa em particular com Tobirama logo após. Todos vão se preparar, enquanto Miu segue até os Aburame e pede desculpas formais ao seu líder, Shogun, por ter sido responsável por destruir a vila deles (pois ela soube que Shogun sabia da verdade).

VIAGEM CONTURBADA
Sem perder tempo, todos seguem viagem junto com Tobirama. Por terra a viagem durou 5 dias, mas logo tiveram que pegar um navio a vapor até a principal ilha do arquipélago da água, uma viagem de quase 2 semanas. Para não chamar atenção, eles compraram passagens baratas, dormindo praticamente no depósito. Durante a viagem, Tobirama deixou que eles fizessem o que quisessem, uma vez que eles vasculharam o navio atrás de inimigos e nada acharam, desde que não perturbassem os demais passageiros (e cada um realmente fez o que bem queria XD).

Na ultima noite de viagem, uma de nevoeiro, Cho estava andando pelo convés quando foi abordada por uma shinobi estranha e desmaiou. Por sorte, Knight e seu fiel mascote, Pardal (não se engane, é um gato!), estavam por perto e a viram cair. Sem pensar duas vezes, Knight atacou e um combate teve início em pleno navio. Durante o combate, um dos adversários acabou destruindo mais da metade do depósito e a cabine do capitão, danificando o timão do navio, deixando-o a deriva e seu capitão e imediatos gravemente feridos. O combate foi feroz, e os inimigos se viram forçados a recuar, mas não sem antes deixar Kirou e Cho desacordados e caírem no mar. Durante a noite, e com nevoeiro, se tornou praticamente impossível achá-los…

E OFICIALMENTE FALANDO…
… A sessão vai ter acabado aí. Mais exatamente na parte onde Ranier voltou para o navio e vocês começaram a discutir sobre o que fazer com o leme do navio e como achar Thalyson e Buca antes que seja tarde demais. Vou fazer isso porque todas as decisões tomadas após o combate foram extremamente infelizes, mas totalmente irrelevantes para o jogo em si, por isso descartáveis. Além disso, eu estava com pressa e não pensei em nada direito naquela hora.

Lembrando apenas que:
  • A Asay que deixou Buca desacordada no 1º ataque foi feita prisioneira e está com os tendões cortados para não fazer Jutsus, além de amarrada e inconsciente;

  • Buca e Thalyson caíram dentro do mar no meio de uma noite de nevoeiro (e de inverno);
    Todos os demais 5 inimigos fugiram pelo mar;

  • O timão e seu sistema mecânico de giro do leme foram destruídos, além de mais da metade do depósito;
    Existe um buraco no casco do metálico navio que foi remendado com o jutsu congelante de Tobirama;
    Vocês estão a meio-dia de viagem do destino final.


Por fim, quero dizer que, para quem conhece Naruto e ainda não notou, não estou seguindo a risca os fatos históricos citados pelo mangá/anime. Assim, não esperem que tudo ocorra como deveria ser, e isso inclui fatos importantes sobre os NPC protagonistas da história. Desta forma, se Tobirama morrer durante essa missão, ele morreu! Adeus 2º Hokage e toda a sua história. Pensem nisso.

Até and Bye…
avatar
Tio Lipe "Cavaleiros"
Pão com Manteiga
Pão com Manteiga

Leão Gato
Mensagens : 498
Data de inscrição : 16/10/2010
Idade : 30

Ver perfil do usuário http://paporpg.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

5ª Sessão

Mensagem por Tio Lipe "Cavaleiros" em Seg Maio 28, 2012 10:01 am

Olá a todos!
Mais um Domingo… err, eu acho que não. Desta vez, numa sessão extraordinária, jogamos no Sábado, uma semana mais cedo e na minha casa, com direito a salgados, um pouco de refrigerante, música e um vento agradável. Nada como um ambiente tranquilo para que o jogo flua bem (o que nos fez lembrar que precisamos de uma sede urgente). Uma pena que Ranier e Buca não tenham podido participar desta vez, mas é pra essas e outras que existe este diário. E vamos nós a mais uma sessão!

TORTURA
Como foi dito no Diário #04, a sessão anterior terminou logo após a batalha no navio. Com a fuga dos inimigos, os passageiros começaram a sair de suas cabines esperando entender o que houve. Ao mesmo tempo, o grupo notou que Kirou (Thalyson) e Cho (Buca) haviam sumido, provavelmente levados para o mar devido os constantes ataques que quase destruíram o navio. Vendo a emergência na situação, Tobirama deixou Joka no comando e mergulhou a procura dos dois desaparecidos, combinando de se encontrarem no litoral. Enquanto Miu (Flávio) tomava conta dos tripulantes feridos, Raiden (Ranier) ajudava a conter os vazamentos e Joka controlava a situação, Knight (Leish) levou sua prisioneira do clã Asay para o compartimento de carga e cuidou para que ela não tentasse fugir. Joka o achou logo em seguida e ambos foram abordados por um marujo que os deixou desconfiados. Atacando-o por trás, descobriram que ele na verdade era um dos inimigos que havia ficado no navio. Agora eles tinham dois prisioneiros.

Após a Asay acordar, Knight começou a interrogá-la e torturá-la. Entretanto, suas tentativas foram infrutíferas, pois a prisioneira resistiu bravamente a tudo o que lhe foi causado (todas as unhas arrancadas das mãos e pés). Vendo que ela nunca iria falar, Knight a matou e arrancou a sua cabeça (a sangue frio), deixando Joka inconformado (mas ainda ficou por lá). Acordando o outro prisioneiro, ele descobriu que se tratava de um Houzuki. Muito mais solícito que sua parceira morta (também! Leish deixou a cabeça decapitada da Asay em cima de um caixote e de frente para o prisioneiro, olhando-o!), ele falou tudo o que eles queriam ouvir e mais. Resumindo, o ataque havia sido armado para capturar Miu e entregá-la a um homem de preto mascarado (ah-ha!). Com isso, Knight cortou fora a língua do prisioneiro (isso porque já tinha cortado os tendões das mãos e dos pés dele), mas cumprindo a promessa que fez para deixá-lo vivo.

E assim, no outro dia, eles abandonaram o navio quebrado próximo ao litoral e seguiram para a cidade portuária de Ueda, onde deveriam ter desembarcado. (e eu fico me perguntando… quem é mais demoníaco no jogo? Flávio que tem um “capeta” incontrolável dentro de si ou Leish?)

VENENO, RESGATE E UM AMOR REENCONTRADO
Kirou e Cho acordaram numa praia, sozinhos. O frio invernal os atingiu com força, mas por sorte caíram no mar com os seus agasalhos noturnos. Eles se levantaram e seguiram as pegadas que pareciam ser de Tobirama, achando-o deitado no meio da floresta e muito doente. Cho constatou que ele fora envenenado com alguma toxina de grande poder, não podendo fazer nada para ajudá-lo naquelas condições. Assim, decidiram ir até a cidade mais próxima afim de obter ajuda. No caminho, eles foram abordados por um garotinho e um adulto que, após reconheceram Kirou, afirmaram ser Takeshi também: Marino (8 anos) e Kojirou (23 anos). Juntos, foram todos para Ueda.

Lá eles reencontraram o restante do grupo e trocaram informações. Kojirou os explicou que ele não sabia de carta alguma enviada para Konoha pedindo ajuda, mas que de fato precisavam. Outros 3 Takeshi foram presos e deveriam estar num posto avançado da Vila da Névoa mais no centro da ilha. Assim, o grupo se reorganizou e seguiu em frente a fim de resgatar os Takeshi restantes, sendo guiados por Kojirou e ficando para trás Cho (para cuidar de Tobirama) e Raiden (fazer guarda e doar o seu sangue para conter o avanço do veneno de Tobirama enquanto Cho tratava de fabricar uma cura). No caminho, Kojirou explicou que não era um shinobi, mas sim um samurai e bom guerreiro.

Após dois dias de buscas, perto das montanhas no centro da ilha, eles localizaram um esconderijo onde poderia estar os prisioneiros. Entretanto, temendo armadilhas, eles avançaram com cautela. Ainda assim, Joka percebeu que seus aliados foram descuidados e ativaram um Jutsu do inimigo, certamente alertando-os de alguma forma. Entrando no esconderijo, e desviando de suas armadilhas, eles finalmente alcançaram as celas dos presos. E lá estavam os três Takeshi restantes: Ken (35 anos), Kana (30 anos) e Maya (12 anos). Entretanto, Joka tomou um grande susto quando percebeu que Maya era idêntica a Mila, sua antiga e já falecida namorada. Knight e Kirou também ficaram impressionados por constatar que elas eram gêmeas. Enquanto isso, do lado de fora, Miu percebeu a aproximação de um inimigo tentando pegar Kojirou desprevenido. Com velocidade e a sua super-força, ela e o Takeshi explodiram o inimigo antes mesmo que ele pudesse reagir. Assim, eles ajudaram os demais que estavam dentro do esconderijo a sair de lá carregando os prisioneiros desacordados. Vendo o inimigo que Miu derrotou, preso numa árvore e desacordado, Joka ficou furioso pelo que fizeram a Maya e chutou seu rosto com toda a sua força (e super-força), matando-o (eita que a lista de gente ganhando tendência maligna só tá aumentando). Assim, eles voltaram para Ueda.

VELHOS CONHECIDOS E NAZARO
Entretanto, Miu e Knight resolveram seguir os rastros deixados pelo inimigo que eles mataram. Assim, eles os levaram até o verdadeiro posto avançado da Névoa, e lá, escondidos, eles puderam ver todo um grande acampamento se preparando para alguma coisa, ou esperando algo (isso não ficou certo porque eles estavam longe demais para ouvir qualquer coisa… precaução). E, para piorar, eles viram o shinobi mascarado de preto e o loiro saírem de uma tenda e seguirem seu caminho em direção a cidade de Ueda (foi o que pareceu para eles). Sem perder tempo, Knight convocou seu tigre e ambos voltaram para a cidade.

Todos reunidos novamente, eles passam a discutir o que fazer. Ficar no arquipélago da água está cada dia mais perigoso, ainda mais agora que todos os Takeshi foram libertados. Eles então decidem que fugir é a melhor opção, mesmo que não cumpram com a segunda parte da missão: descobrir os planos da Névoa. Com Tobirama doente e os Takeshi fracos demais para se defender, parece ser a melhor opção no fim das contas. Assim, eles se lembram que deveriam se encontrar com um informante ao chegarem na ilha que os ajudariam com a missão, e o fazem. O seu nome? Nazaro…

Até and Bye…
avatar
Tio Lipe "Cavaleiros"
Pão com Manteiga
Pão com Manteiga

Leão Gato
Mensagens : 498
Data de inscrição : 16/10/2010
Idade : 30

Ver perfil do usuário http://paporpg.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

6ª Sessão

Mensagem por Tio Lipe "Cavaleiros" em Seg Maio 28, 2012 10:03 am

Olá a todos!
Mais uma sessão, e agora voltando ao Domingo. Se a sessão passada foi bem tranquila e com muita interpretação, esta foi dominada por um longo combate, o que a tornou bem sucinta. Infelizmente desta vez Thalyson não pôde vir, mas foi por um motivo nobre (tomara que você tenha ido bem na prova!), mas nada que atrapalhasse demais a sessão (ainda assim fez falta). Enfim, hoje vou direto ao assunto: a sessão!

NADA DE PACTOS E SAINDO DO ARQUIPÉLAGO
No final da sessão passada o grupo havia se encontrado com Nazaro, o tal informante que Tobirama havia citado durante a viagem e que eles deveriam encontrar. Entretanto, a primeira coisa que Nazaro os explica é que ele é um colecionador de informações, e não apenas um vendedor. Assim, a sua moeda de troca é informação, e não dinheiro. Ele também explica que não tem “lados”, nem favorecendo e desfavorecendo quem quer que seja. Por fim, antes de começarem a negociar, ele solicita que todos acordem em assinar um pacto de sangue, mas, antes mesmo que ele pudesse explicar ou sequer lessem o documento, o grupo nega tal coisa e sai, deixando-o para trás.

Ao retornarem para o atual esconderijo, o grupo acaba descobrindo sem querer que Maya não sabia que tinha uma irmã, ainda mais gêmea. Ela e os Takeshi então conversam entre si (e em particular) para esclarecer a história. Enquanto isso, o grupo trata de pensar numa forma de sair da ilha. Após muitas sugestões, e algumas tentativas falhas de Joka em localizar conhecidos da viagem de vinda, eles decidem por “sequestrar” um navio. Convictos de que tirar os Takeshi e Tobirama da ilha é a melhor solução, eles abandonam o resto da missão e põe o plano em prática. Um dos motivos para que eles tomassem essa decisão foi devido Joka, após uma análise mais minuciosa no trabalho de Cho (Buca) para tentar confeccionar um antídoto, percebeu que um dos ingredientes que estava faltando não é típico daquela região, mas sim do continente. Assim, eles partem.

O MONSTRO MARINHO
Joka, Knight (Leish) e Raiden (Ranier) trataram de cuidar para que o capitão do navio fizesse o que eles mandassem, enquanto que Cho e Miu (Flávio) cuidavam de Tobirama, e Kirou (Thalyson) dos Takeshi. Após dois dias de viagem, Raiden e Knight descobrem um pergaminho inacabado de um possível espião, fazendo-os procurá-lo no navio inteiro sem sucesso (o que os fez deduzir que ele fugiu na primeira oportunidade). Eles acabam descobrindo que o capitão na verdade sabia que havia um espião, o que os faz tomar medidas extremas. Convocando os passageiros e tripulantes do navio, eles prendem todos os que se pareciam com o espião (seguindo a descrição que o capitão deu), e os demais ficam confinados aos seus aposentos até o fim da viagem (esse povo tá cada vez mais extremista, pense. Estou criando uns “monstros” nesse jogo que tá me dando medo).

A viagem prossegue sob toque de recolher… err… enfim… até aproximadamente a sua metade. Foi ai que, durante uma noite fria, Joka e Knight começaram a se sentir sob ameaça. Alertados, eles fizeram todos do navio descerem para o depósito, sob a vigilância de Miu, Cho e Kirou. Os três demais ficaram do lado de fora para esperar pelos inimigos. Entretanto, o que atacou o navio foi uma besta colossal, feita de carne, algas marinhas e ódio. Gritando na mente de todos, a criatura os assustou e quase destruiu o navio em sua primeira investida. Acuada pelos ataques revidados de Joka, Knight e Raiden, o ser afundou, para após alguns minutos retornar e destruir o restante do navio com um ataque feroz.

A luta prosseguiu debaixo d’água. Usando seus jutsus como podiam, mesmo limitados pela falta de luminosidade e a visão turva da água, eles conseguiram derrotar a criatura a muito custo, mas não sem ficarem perturbados pela sua presença e bem machucados. Usando os destroços do navio como boia, eles se mantiveram juntos e sobreviveram como puderam durante um tempo que eles não conseguiram julgar quanto, até serem salvos por um outro navio liderado por Hashirama.

OBSERVAÇÕES SOBRE A SESSÃO
Como eu disse, a sessão foi curta devido o combate. Vamos então as algumas observações:
  • A sessão não ocorreu como eu gostaria que tivesse sido, que seria vocês explorando um pouco mais a ilha e tentassem fechar a missão, mas tudo bem. Não posso culpá-los, vocês pesaram bem as opções que tinham. Vou bolar outras formas de apresentar o que não foi visto no restante da missão, fiquem tranquilos;

  • A batalha contra o “Kraken” serviu para três coisas: gerar um pouco a sensação de “consequência dos seus atos” (né Leish? XD), mesmo que alguns de vocês discordem de como isso foi feito; para criar o primeiro “boss fight” do jogo (foi uma luta épica, independente do que houve); e para que eu testasse uma mecânica de criação de inimigos (que acabou dando certo). Estou satisfeito com o resultado. Uma pena que eu tenha tido que adiantar essa batalha devido o que houve… ah, que se dane! XD;

  • Acho que com mais uma ou duas sessões nós fechamos o 1º Arco de Naruto: A Origem da Folha. Isso não representa o fim do RPG, calma! Mas fechando o Arco vocês passarão mais 1 nível ou 2, não sei ainda, e creio que haverá um salto de 2 anos no tempo. Ainda a decidir, mas só avisando logo para quem gosta de se programar;

  • Desculpa pra quem não gostou da sessão. Estou percebendo que ando sendo meio ácido em algumas críticas que faço ingame (principalmente em coisas triviais), por isso vou tentar me policiar mais para não continuar cometendo esse erro. Além disso, acho que vou negociar com os meus pais para narrar aqui em casa mais vezes. O ambiente mais tranquilo de uma casa me deixa menos “agoniado” que no shopping (maluquice minha);

  • E avisando que Naruto agora entra recesso, umas “férias forçadas”. O Tio aqui tem deveres trabalhistas a cumprir, por isso vamos ficar ai quase um mês sem RPG. Quando eu puder narrar novamente aviso pra todo mundo.


É isso aí pessoal!
Até and Bye…
avatar
Tio Lipe "Cavaleiros"
Pão com Manteiga
Pão com Manteiga

Leão Gato
Mensagens : 498
Data de inscrição : 16/10/2010
Idade : 30

Ver perfil do usuário http://paporpg.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

7ª Sessão

Mensagem por Tio Lipe "Cavaleiros" em Seg Maio 28, 2012 10:04 am

Olá a todos!
Enfim voltamos a jogar Naruto, mas desta vez foi para encerrar o RPG. Pena. Foi bem divertido, deu as suas dores de cabeça e ainda rendeu uma nova adaptação de Naruto para BESM (veja clicando aqui), mas nada dura para sempre e após uma longa pause de quase 4 semanas o ânimo morreu. Foi um ótimo jogo, mas eu queria ter tido mais cabeça em muitas situações. São coisas da vida. Mas chega de lamentações que é hora de fechar uma história!

ANBU
Para quem não se lembra, a última sessão terminou com a derrota do monstro marinho enviado pelo shinobi mascarado. Após alguns dias a deriva, o grupo foi salvo por Hashirama e Mito que vieram ajudá-los, onde todos descansaram bastante a fim de recuperar as forças perdidas. Nesse meio tempo, Kirou (Thalyson) e Joka ouviram dos pais de Maya que eles não sabiam que a filha estava viva, pois quando ela e Mila eram recém nascidas a vila dos Takeshi foi destruída e eles separados, assim como todo o clã, sem lar desde então. Não era a toa que Mila não soubesse nada dos pais. Com mais calma, e após algumas horas da conversa, Maya e Joka começaram a conversar, sendo deixados em paz por Knigth (Leish).

Na cabine de Tobirama, ele pediu para que Raiden (Ranier) fosse atrás de Knight para que eles tivessem uma conversa. Com os dois lá, Tobirama os falou mais sério que o costumeiro que pretendia criar a ANBU, um esquadrão a parte de Konoha e que trabalharia em segredo para fazer o certo e que nenhum outro shinobi seria capaz de fazer. Certos de que isso destruiria a identidade deles, apenas Knight aceitou, mudando o seu nome ali apenas para K. Kirou e Joka também foram convidados logo em seguida, mas negaram.

EDO TENSEI E AMIDAMARU
Logo após sair da conversa, Raiden ouviu as vozes de seus pais e seguiu para ver o que estava acontecendo. Foi quando ele viu que o shinobi mascarado havia aparecido, e não apenas revelou seu rosto como também seu nome: Uchiha Izuna, o irmão mais novo de Madara e que deveria estar morto. Olhando atentamente, Raiden notou que os olhos de Izuna estavam negros, e ao ouvir sua mãe balbuciar “Edo Tensei” soube na hora do que se tratava: era um morto-vivo, reanimado através de um jutsu proibido há muito tempo perdido. Kirou chegou até Raiden naquele momento, ambos ouvindo tudo de longe. Hashirama entendeu do que se tratava, e tudo lhe ficou claro quando Izuna anunciou que um tal de Amidamaru estava por trás de tudo.

Sem entender mais nada, Raiden e Kirou saíram de onde estava, dando estopim ao ataque da Névoa. Shinobis saltaram sobre o navio e o pandemônio se formou. Todos se defenderam como puderam, e no fim eles conseguiram superar o grande número de adversários. Entretanto, temendo que algo pior tivesse acontecido, Raiden foi atrás de Cho (Buca) e Miu (Flávio), encontrando apenas a primeira desacordada. Miu fora sequestrada!

TRAIÇÃO
Em torno de onze adversários foram mortos em batalha, e seus corpos foram deixados para trás. K juntou a todos numa grande pilha pronto para incinerá-los, mas Tobirama pegou um dos corpos para que Mito usasse de seus fuuinjutsus a fim de arrancar alguma informação do cadáver. Ele revelou que o ataque fora armado para se vingar dos Takeshi e de um D. que humilhou o seu clã (ele era um Houzuki), mas nada sobre sequestrar Miu.

Enquanto isso, Cho cuidava dos feridos, que não foram muitos (a maioria deles eram outros passageiros que se meteram na confusão). Foi durante o tratamento do pai de Maya que Kirou notou algo de estranho em Cho, chamando-a para uma conversa. Muito desconfiado, e Cho sem conseguir enganar seus sentimentos (foi tudo rolado nos dados), Kirou decidiu por deixá-la inconsciente para depois interrogar a fundo, mas ela resistiu ao seu jutsu. Ela teria conseguido escapar se não fosse por Raiden, que a derrubou com um golpe certeiro!

Cho foi capturada e K., Kirou e Raiden resolveram interrogá-la (EU ME NEGO a dizer o que houve. Buca, pergunte pessoalmente para essas mentes doentias). Eles descobriram que Cho trabalhava para Madara e que havia sido mandada vigiar Miu desde cedo. Ao saberem disso, K. e Kirou começaram a discutir sobre o que fazer, enquanto que Raiden foi chamar o pai antes que a coisa piorasse. Hashirama chegou e levou Cho embora, interrogando-a na frente de todos que sabiam do segredo de Miu. Ela lhes explicou tudo, resumindo parte do seu passado e sua obrigação para com Madara. Isso gerou uma discussão generalizada, onde K. acusou Hashirama de ter sido um fraco por não matar Miu quando teve a oportunidade e assim evitado toda uma grande onda de problemas. Irado, Hashirama teve que ser contido por Mito e Tobirama, onde acabou tirando as bandanas de K. e Kirou (que apoiou K.) após aquele ato de rebeldia contra o líder da Vila. Antes deles saírem, porém, Raiden e Joka também “jogaram” as suas bandanas, seguindo com os amigos e deixando um inconformado e humilhado Hashirama para trás.

Algumas horas se passaram e o navio enfim atracou no continente. Os quatro jovens pegaram as suas coisas e saíram, sem rumo certo. Haviam largado Konoha. Aquilo os tornaria nukenins? Tobirama então apareceu na frente deles, dando-os um pergaminho. Ele explicou que ali estavam suas novas instruções e que eles deveriam “deixar de existir”. Agora eles eram ANBU, e a sua primeira e mais importante missão era caçar Amidamaru, a maior ameaça para a Vila e quem sabe todo o mundo shinobi. Eles agora teriam apenas que reportar apenas a Tobirama e ninguém mais. No mais, estavam livres para agir. E assim eles sumiram…

CONSIDERAÇÕES FINAIS
É isso?! Acabou assim?! Pois é. Uma aventura acabou, novas surgem. O arco está fechado. “A Origem da Folha” tinha como objetivo contar a história de 6 personagens na época da fundação da vila, onde a discórdia e a angústia reinavam com força total no mundo shinobi. Ser correto era o luxo de poucos, onde traumas, traições e mortes abalavam a vida dos jovens desde cedo. Tanto que um deles teve o seu amor assassinado (Joka), sua vila destruída e clã quase extinto (Thalyson), uma vida de submissão e mentiras (Buca), um monstro dentro de si (Flávio), e sua inocência arrancada (Leish). Só Ranier que conseguiu se livrar da minha “maldade bem direcionada”, mas isso porque não houve tempo para trabalhar profundamente todo mundo.

Alcancei o meu objetivo para com o jogo? Acho que sim. Como falei em mesa, “tanto cavei que achei o fundo”. Queria tanto forçar situações frustrantes, tensas e delicadas, mesmo que não tenha o feito da melhor maneira algumas vezes, que acabei afetando alguns personagens e fazendo seus jogadores mudarem sua interpretação inicial. Personagens se transformaram com o jogo, ficaram “traumatizados” e assimilaram o ódio do mundo. Você sempre espera que, como protagonistas, eles deem a volta por cima, mas nem sempre isso acontece. E o pessoal teve cabeça para também pensar e agir desta forma. Assim sendo: objetivo alcançado. Foi sim um RPG de Naruto (de Anime) bem diferente, mas foi mega interessante.

Obrigado a todos pessoal!
Até and Bye…
avatar
Tio Lipe "Cavaleiros"
Pão com Manteiga
Pão com Manteiga

Leão Gato
Mensagens : 498
Data de inscrição : 16/10/2010
Idade : 30

Ver perfil do usuário http://paporpg.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum