3º Cena - Está no sangue

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

3º Cena - Está no sangue

Mensagem por LordAzzur em Dom Set 02, 2012 3:07 am

Fazia meses que não ouvia falar do irmão e isso piorou ainda mais quando teve que assumir o posto de lider do Templo de Ferro. Tantos problemas que ele já não sabia como lidar com todos. Era assim que Javert se sentia ao acordar pela manhã em seu quarto. Pretendia descobrir o que havia sido feito de seu irmão, pois jurava com toda a força ter visto ele na festa dos Brennan (que diga-se de passagem, foi talvez uma dos eventos mais "movimentados" que participara na vida). Ao se retirar de seus aposentos, um dos serviçais do templo o aborda com um largo sorriso.
- Bom dia sua Santidade! Espero que tenha tido um bom descanso. Recebi ainda a pouco esta carta endereçada para você. O engraçado foi que quem veio deixar era um molequinho de rua. Me parece que ele recebeu uns trocados para entrega-la. Não possui nome de remetente, mas está escrito seu nome. Aqui está - Entregando ao paladino um pequeno documento.

Caro Javert

Sei que esses últimos dias tem sido muito difíceis para você e compreendo o fato de você não ter podido me visitar. Desde os meses passados você deve ter percebido que não estou mais preso. Pois é, me soltaram...mas não foi por caridade. Ao sair da cadeia, um homem me abordou, chamado Knife, e disse que eu era esperado pelo seu chefe. Então juntos fomos até uma espécie de torre construída no sope de uma montanha ao sul do reino, próximo a divisa com Mhoried. Ao chegar lá, me deparei com um grupo de halflings muito estranhos. Parecia mais uma espécie de seita ou algo parecido. O lider, que não mostrou o rosto, se autodenominava "Coringa" e usava trajes roxos com o simbólo da carta de mesmo nome do baralho. Ele disse que eu era importante para eles por ter me envolvido com o caso de que fui culpado. Eles disseram que haviam me usado como bode expiatório, porém como eu ainda tinha algum envolvimento com o caso, poderia facilmente levar até eles se me dessem o tempo e a energia necessária para tal. Então me chantagearam....Sequestraram minha esposa, a Miriam, e agora me colocaram para realizar certas tarefas que vão envolver você e alguns de seus novos amigos. Por sorte, eles não contavam que eu aprenderia algumas coisas novas na prisão, assim, consegui remeter este documento a você! Preciso alerta-lo do fato de que a guerra santa que está acontecendo na cidade de Demacia foi orquestrada pelo grupo para disseminar o caos e confudir o real perigo que está para se aproximar de vocês. É necessário que nos encontremos urgentemente por trás da taverna Poço Profundo.
Sinceros abraços,

Jean Valjean



Off: Esta cena não será necessária resposta amigo Blood, é apenas para servir de ponte para a próxima sessão e os eventos que serão colocados para funcionar.

_________________
Cthulhu demands fun! DON'T dare to desobey, mortal!!
avatar
LordAzzur
Pão na Chapa
Pão na Chapa

Escorpião Búfalo
Mensagens : 507
Data de inscrição : 06/10/2010
Idade : 31

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum